sexta-feira, 3 de junho de 2011

Veuve Roth Pinot Gris 2005 Branco

Português:
Vinho monocasta feito a partir de Pinot Gris.

Aparência:
Cor amarela dourada, ligeiramente saturada. Não deixa muita lágrima no copo.

Aroma:
Moderadamente austero no nariz. Notas de doce de fruta de polpa branca cozida e algum floral.

Palato:
Na boca é gordurento até com alguma opulência de sabor resultado contudo leve. Este vinho é fino de estrutura mas o sabor é como o toucinho. Que contradição. No início aparece um pouco de rebuçado com ervas, passando pela sensação que estamos a comer maça cozida, mas depois o vinho desprende-se e ganha ligeiro balsâmico. A acidez é que podia estar muito melhor afinada. É muito fina tal como corrente eléctrica de sessão de fisioterapia, mas não chega para dar vida ao vinho. É pena.

Final:
Médio.

Conclusão:
Gostei da entrada inicial e da experiência dos sabores, mas a acidez mata o vinho que necessitava de mais vida. Há que goste de vinhos assim e ultimamente têm aparecido no mercado vinhos brancos Portugueses de 2009 com esta matriz, mas eu não sou muito adepto desta abordagem. Custa 6€.


English:
Single variety wine made from Pinot Gris.

Appearance:
Golden yellow color, slightly saturated. Do not leave many tears in the glass.

Aroma:
Slightly austere on the nose. Notes white pulp stewed fruit and some floral.

Palate:
Buttery even with some flavor opulence yet incredibly light body. This wine has fine structure but the taste is like bacon. What a contradiction. At first felt candy with a hint of herbs, next comes stewed apple earns slightly balsamic. Acidity is that it could be much better. Is very thin like electrical current used in a session physiotherapy, but it's not enough bring the wine to life. Pity for this.

Finish:
Medium.

Conclusion:
Liked the initial attack, but the acidity kills the wine. If you prefer this kind of thin acidity maybe you can enjoy it. Recently appeared on the market in 2009 Portuguese white wines with this pattern, but I don't like very much. Costs 6 €.

3 comentários:

J Pires/C Soares disse...

Muito bom post!Ficámos curiosos, onde podemos encontrar o vinho (de preferência no Douro/Porto).

Obrigado e continuação de boas provas!

http://wineofus.blogspot.com/

Ligurio disse...

Viva:
Poderão comprar na Wine o Clock.

J Pires/C Soares disse...

Obrigado! A tratar disso!

Boas provas