sábado, 6 de junho de 2009

Crasto Tinto 2007


A quinta do Crasto teve o privilégio de ver premiado o Tinto vinhas velhas pela Wine Spectator em 2008 e por conseguinte a sua gama de vinhos tem despertado muita curiosidade.

Comprei o Crasto 2007 e não gostei.

No nariz tem sugestões a morangos e lá no fundo a amoras. É muito aromático.

Se por acaso é apreciador deste vinho abra a garrafa e espere uma hora para o beber. No início da prova apresenta acidez muito predominante tornado impossível aprecia-lo. Pena que o produtor não dê qualquer indicação no rótulo.

Depois do compasso de espera, lá se regressou à prova.

É um vinho com falta de estrutura. Tem sabor a fruta vermelha, ténue (nada alinhado com as sensações olfactivas), com álcool a sobrepor-se a tudo. Valha-nos a adstringência que está em bom plano.

Mais informações do produtor em:

http://www.quintadocrasto.pt/

2 comentários:

Anónimo disse...

não é CASTRO, mas sim CRASTO!!!

Ligurio disse...

Tem toda a razão. Fui traído pela tecnologia das "smart words" que substituíram inadvertidamente todos os crasto por castro.