domingo, 1 de março de 2009

Montes Ermos Grande Reserva Branco 2006

É preciso gostar muito deste vinho para o beber. Vinho basicamente mineral com fruta inexistente. Seco. Madeira suave a embalar o conjunto. Acidez nula - a sua melhor característica.

Talvez pensar em beber como aperitivo no verão. Não muito adequado para acompanhar comida. A necessitar de evolução.

7 comentários:

disse...

Ó Sr. "DrinkedIn" porque fala sempre tão mal dos vinhos "Montes Ermos"? Olhe que eu e muitas pessoas com quem tenho falado e bebido estamos a adorar os vinhos "Montes Ermos". Aquilo que você escreve sobre vinhos não corresponde em nada com o que nós todos constatamos em prova. Ou você revê os seus conhecimentos sobre vinhos ou deixaremos de visitar a sua página!

Ligurio disse...

Caro Senhor: O vinho é um dos prazeres que mais discussão gera entre os apreciadores. quantas vezes um vinho perfeito para uns é um vinho para esquecer para outros.

Relativamente a este Montes Ermos Branco já o bebi por diversas vezes durante o ano de 2009 e em nenhuma oportunidade considerei necessário rever a critica que aqui deixei.

disse...

Já alguém provou o Montes Ermos Grande Reserva Tinto 2007? É um vinho excepcional! E a um preço também excepcional, à volta de uns 10.50 Euros. E pensar que há vinhos a custar 10 vezes mais ou ainda mais e que só são tão bons como este "Grande Reserva" e alguns nem sequer lhes chegão aos calcanhares!!! Éssa é que é...

Tiago disse...

Boa tarde,

Somente esta semana bebi este vinho em análise e discordo da critica.

É um excelente vinho branco que só pode ser apreciado por quem gosta de vinho branco pois os apreciadores de vinho tinto têm o seu paladar mais formatado

Ligurio disse...

Fico contente por este vinho ter uma autentica legião de fãs.

Emilio disse...

Prezado Senhor Ligurio e prezad@s tud@s: Talvez o problema seja que as opiniôes nos blogs sâo consideradas normas e nâo conselhos. Cada vinho faz uma opiniâo distinta pra apreciadores distintos. E isto também é uma opiniâo, a minha opiniâo e nâo mais!
Se eu provar o Montes Ermos, direi o que penso! Obrigado a tud@s, e disculpem o meu mau português.

Ligurio disse...

A propósito da evolução pretendida quando bebi a colheita de 2006, eis que a de 2011 me encheu as medidas. Mais informação aqui http://drinkedin.blogspot.pt/2012/12/montes-ermos-reserva-2011-branco.html